Diga: Renato!


domingo, outubro 28, 2001
Enquanto cuidava da obra do bunker, Elfin Girl me apresentou virtualmente o Renato dela. Mago do Fogo, parece ser o nick dele. A Tia me arrumou um Tio.



Um filme que vale a pena ser visto é Os Queridinhos da América (America's Sweethearts). Ser visto despropositadamente, claro. Uma comédia leva e boa de se ver.



O AudioGalaxy (www.audiogalaxy.com) tem muitos méritos, mas não resistiu a uma pesquisa mais séria e apurada. Achei, quando muito, pouquíssima coisa sobre Nélson do Cavaquinho, Pixinguinha, Zé Keti, Noel Rosa, Carlos Cachaça, Sinhô, Ismael Silva, Heitor dos Prazeres, Geraldo Pereira, Ary Barroso e Sílvio Monteiro. Cadê os bambas brasileiros?



O AudioGalaxy (www.audiogalaxy.com tem muitos méritos, mas não resistiu a uma pesquisa mais séria e apurada. Achei, quando muito, pouquíssima coisa sobre Nélson do Cavaquinho, Pixinguinha, Zé Keti, Noel Rosa, Carlos Cachaça, Sinhô, Ismael Silva, Heitor dos Prazeres, Geraldo Pereira, Ary Barroso e Sílvio Monteiro.



Termina hoje no Rio a exposição Surrealismo. Uma boa pedida para esse dia ensolarado. Ela acontece no CCBB e tem trabalhos de Picasso, Miró e Dali, por exemplo.



O dia 6 de outubro foi especial. Um marco para pcmarrodri.



sábado, outubro 27, 2001
Antes do Eric Clapton, foi a vez da Marisa Monte. Assisti ao show dela na Praia de Ipanema e posso dizer que a moça tem talento. :-D Quem não sabe disso, você deve estar se perguntando. O show foi o penúltimo da temporada dela, o último foi no dia seguinte em São Paulo no Parque do Ibirapuera. A noite estava agradável e o tempo colaborou, o show deveria ser melhor nas casas de espetáculo, mas valeu de qualquer forma.



Quero agradecer às manifestações de apoio pelo estado de saúde de Sharon Stone. Ela foi internada com anorexia, mas não tenho muitas notícias a seu respeito. Não terminamos muito bem. De qualquer forma, Luma de Oliveira passa bem. Muito bem, obrigado.



Eu vi Deus! Isso mesmo, o da guitarra! Eric Clapton veio ao Rio em 10-Out-2001 e fez um show para ninguém mais esquecer. Foi sua segunda apresentação no Rio. O show foi na Apoteose e fez parte da sua última grande turnê mundial. Mr. Clapton garantiu com todas as letras que não voltaria a fazer grandes turnês, prefere se dedicar a família e filhote. Os músicos que acompanham o cara são surpreendentes. O show foi pontualíssimo, fui e voltei na maior facilidade. Cheguei em casa bem antes do início da corrida do Japão, que encerrava a temporada de 2001. Foi show para se ver babando. Coisa de mestre mesmo. Fiquei bem próximo ao palco, graças ao lugar que o amigo do ACC descolou. Show memorável por todos os aspectos. Ficou na minha história. Eu vi Deus!



Tem tanta coisa para contar que não sei por onde começar! Passei mais de um mês sem postar nada aqui, não que não houvessem fatos para contar, tenho aos montes, mas a construção do bunker tomou muito do meu tempo.



Finalmente terminei. O meu bunker está pronto. Foram dias e dias de trabalho, mas finalmente concluí. Agora posso retornar a este blog. :-)